Encontrar um profissional de saúde
Está à procura de cobertura de seguro?
Veja como pode encontrar o seu prestador de cuidados de saúde com a MSH
Já é membro?
Inicie sessão para encontrar o seu prestador de cuidados de saúde
Comercial
Serviço de gestão
Equipa comercial para particulares
Das 9h às 18h (CET)
Contactar-nos por e-mail
Equipa comercial para empresas
Das 9h às 18h (CET)
Contactar-nos por e-mail
A experiência de regresso, que faz parte de toda a experiência de expatriação, não provoca o mesmo entusiasmo e a mesma emoção que se sente quando se embarca numa aventura, mas as emoções não são menos poderosas. O seu regresso a casa desencadeará reações diferentes por parte de familiares e amigos, tal como quando lhes disse que ia para fora: alegria, alívio, desilusão, tristeza ou raiva. É outra mudança que exigirá um planeamento cuidadoso!

Planear a sua partida: a primeira fase do regresso a casa

As circunstâncias do seu regresso a casa influenciarão a forma como se sente em relação a isso. Existem três fatores que facilitarão ou dificultarão a mudança:
  1. Se a decisão de voltar a casa é sua ou não.
  2. A duração da sua estadia no estrangeiro.
  3. Quão bem conseguiu manter-se em contacto com amigos e família que deixou para trás.
Cada experiência de regresso a casa é diferente, dependendo da forma como estes elementos se interligam.

Deixar um local onde viveu é uma espécie de separação: é bom poder assinalar as despedidas e criar memórias de afeto a que se possa agarrar. A festa de despedida, mais para os adultos do que para as crianças, é altamente emotiva e simbólica. Como indicador social e emocional daquilo que deixará para trás, pode ajudá-lo a preparar-se para sentimentos de perda e compensar a ausência através de expressões valiosas de gratidão e presentes que pode levar consigo.

Preparar-se para se sentir diferente

Você e a sua família terão mudado, pois viver no estrangeiro tende a estimular mudanças na identidade (a vários níveis dependendo do tempo passado fora e das diferenças culturais que experienciou), mas a vida no seu país de origem também terá mudado. Os amigos e a família também estarão diferentes e os sentimentos de não estar em sintonia, misturados com uma falta de entendimento, poderão ser fortes e dolorosos. O sentimento inevitável de "exotismo" quando sentido no seu próprio país surge sempre como uma surpresa.
É por isso que pode ajudar falar com os filhos, numa reunião de família, por exemplo, sobre como eles poderão, muito naturalmente, experienciar um sentimento de não pertença nos primeiros dias após o regresso. Ao entender estes sentimentos, as crianças acabarão por aceitar a sua situação.

O regresso como projeto familiar

Planear um projeto de regresso em família pode gerar energia positiva. Façam uma lista das vantagens e desvantagens, das esperanças e dos medos de cada membro da família. Também devem falar sobre os sentimentos de felicidade que isso trará, sobre estarem ansiosos por ver amigos e família novamente e o final de um ciclo de vida, se for o caso. Encoraje-os a serem curiosos para aprender com os outros, mas também partilhar aspetos da sua vida anterior com eles. E se o regresso a casa não tiver sido por opção, decidam como poderão trabalhar juntos para tornarem esse período de transição num sucesso. O que podem fazer para evitar os sentimentos de saudades da vida que deixaram? Poderá ser uma refeição semanal da gastronomia "local", juntarem-se a uma associação cultural ou a um centro de línguas ou clube desportivo associado a esse país ou organizarem formas práticas de manter contacto com os amigos que deixaram, etc. Por vezes, mudar para um local com um sentimento internacional pode amenizar.

Viver o presente

O mais importante é estar satisfeito com a vida presente, enquanto se guarda todas as memórias valiosas de experiências passadas e apoiando-se nelas em alturas mais desafiantes. O regresso ao país de origem poderá ser uma das fases mais desafiantes no ciclo de expatriação, mas felizmente é breve. A capacidade de se adaptar, desenvolvida durante o tempo passado no estrangeiro, ajudá-lo-á a seguir o seu rumo e a investir no dia-a-dia.
Todas as Perguntas Frequentes
Encontre respostas a perguntas frequentes de clientes em todo o mundo
Quer saber mais?
Encontre o plano certo para si em apenas uns cliques
Contacte a nossa equipa de especialistas
Estamos aqui para o ajudar na sua língua 24 horas por dia, 7 dias por semana